A história dos Evangélicos no Brasil

“Evangélico” pode aparecer com três sentidos diferentes, quando ligado à palavra: no sentido europeu, amplo, é o sinônimo de protestante; na américa latina, sentido amplíssimo, evangélicos são todos os cristãos não católicos; o último é uma ligação com uma vertente da Igreja, dando ênfase a relação com Cristo, dentro de uma religião sacramentalista e estatal. No artigo de hoje, vamos conversar sobre a história dos Evangélicos no Brasil.

As ações protestantes marcas na história brasileira no período entre 1855 e 1901 são vistas como uma marca evangélica, significando um grau alto de consenso teológico, esse consenso se manteve dentro das igrejas brasileira por mais do que um século, sendo reforçado pela reação do Congresso do Panamá, de 1916.

No Panamá, voltou a nascer a ideia da necessidade de evangelizar a América Latina com um cristianismo sincrético e nominal.

A história dos Evangélicos no Brasil ao passar do tempo

Durante o período do regime militar, a Confederação Evangélica foi fechada. Foi então que os congressos brasileiros enxergaram que era o momento de entrar em um novo tempo, que se desdobrou graças a criança da AEvB (Associação Evangélica Brasileira), marcando época.  

As situações fracionadas e até diferentes do protestantismo em solo brasileiro, faz com que percebamos que a história dos evangélicos no Brasil busca criar uma frotilha, que pode até ser modesta, mas está aberta para todos os crentes, evangélicos e éticos, que possuem comprometimento com a identidade da Igreja.

Dessa forma, podemos dizer que a religião é uma base para aqueles que acreditam no seu real significado: acreditar na presença de um poder superior, que pode destinar os passos do ser humano, e, por essa razão, precisamos compreendê-lo e respeitá-lo fielmente.  

A história dos Evangélicos no Brasil continua em constante construção. E, apesar do tempo, os seus valores permanecem no coração de quem crê.

Deixe seu comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *